FOTOGRAFIAS HISTÓRICAS - São Pedro de Alcântara

 

Aspectos da Igreja Matriz de São Pedro de Alcântara-SC, inaugurada e consagrada pelo Arcebispo Metropolitano de Florianópolis, Dom Joaquim Domingues de Oliveira, em 21 de dezembro de 1930. Fotografia da década de 1950; disponível em:https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1402816979935887&set=a.1379269695623949.1073741827.100006227951062&type=1&theater
 
Nicolau Adão Schmitt (nascido em 09.07.1838 em São Pedro de Alcântara) casado com Anna Catharina Reitz (Anna Kett) nascida em Hirschfeld, Alemanha em 13.10.1836. Fonte: Acervo da Casa da Cultura de São Pedro de Alcântara.

 

Aspectos do Casarão da Família Kretzer, na comunidade rural de Santa Filomena, núcleo espontâneo da Colônia São Pedro de Alcântara. Fonte: Acervo da Casa da Cultura do Município de São Pedro de Alcântara.
 
Caminho Imperial, ”Kaiserlicherweg” ou, ainda, Caminho das Tropas:
trecho com pavimentação tipo pé-de-moleque, datado de 1789, construído por escravos.
A existência desse Caminho foi dos motivos da vinda dos imigrantes germânicos para a Colônia dos Alemães, mais tarde denominada São Pedro de Alcântara. Fonte: Casa da Cultura do Município de São Pedro de Alcântara. Fotografia: Norberto Cidade.

Em 1828/1829 toda a Província de Santa Catarina constituía-se de uma cidade: Desterro (capital); três vilas: Laguna, Lages e São Francisco do Sul. A Colônia São Pedro de Alcântara foi fundada em 01 de março de 1829. Fonte: Casa da Cultura do Município de São Pedro de Alcântara.

 

Fonte: http://museu.marinha.pt/Museu/Site/PT/Exposicoes/ColeccoesOnline/Veleiros.htm
 
Modelos de brigue e bergantim semelhantes ao brigue Luiza e o bergantim Marquês de Viana que transportaram do Rio de Janeiro (então capital do império) para Desterro (hoje Florianópolis-SC), em 1828, os fundadores da Colônia São Pedro de Alcântara. Fonte: http://www.familialicht.com.br/minuta.php
 
Modelo de navio que transportou os imigrantes germânicos para o sul do Brasil para a formação da Colônia São Pedro de Alcântara. O navio Johanna Jakobs também fazia a rota Bremen (norte da Alemanha) com destino ao Rio de Janeiro. Fonte: Casa da Cultura do Município de São Pedro de Alcântara.